Vamos Passear

A experiência da Pipeta

A minha gata está sempre à janela a ver a rua, e como é muito curiosa sempre que vê uma porta ou janela aberta lá tenta escapar-se.
Andava meio preocupada por a estar a prender em casa mas não me atrevo a deixa-la passear porque tenho medo que ela fuja e além disso há cães que a podem magoar e carros que a podem atropelar, já para não falar de pessoas que não gostam de gatos e não são obrigadas a tê-los nos seus quintais. Então simplesmente não a deixo sair.
Mas isto andava a fazer-me comichão, então coitadinha da minha gata não pode ver a cor do céu sem ser através de um vidro? Comprei uma trela para gatos. Bem sei que não se vê muita gente (para não dizer ninguém) a passear com um gato, vê-se cães mas gatos nem por isso.
Eu como sou do contra decidi experimentar. Ao princípio rebolava e tentava desembaraçar-se da coleira, deixei-a por casa a habituar-se e quando já andava mais ou menos sem se andar a rebolar pus-lhe a trela e toca de ir para a rua.
Pois, na rua é que foi pior, encolhia-se toda, não saia do sítio, rastejava em vez de andar. Acho que estava cheia de medo do barulho dos carros e das pessoas que passavam. Eu e o A. agarramos nela e fomos até uma praia fluvial nossa conhecida que normalmente está vazia, e como estávamos à espera só havia 3 ou 4 pessoas.
Ok, pus a Pipeta no chão e esperei… Ao princípio estava meio encolhida mas depois começou a explorar, a brincar na relva e a subir às árvores toda contente. Quando sentia que a trela não a deixava ir mais longe, rosnava mas depressa seguia para outro lado.

Foi tão giro. Agora já sei que quando for passear ao ar livre posso levar a princesa para ela não estar sempre em casa.
Além da Pipeta, nós também nos divertimos, a olhar para ela e a molhar os pezinhos.
No caminho para casa vinha de rastos, dormiu no meu colo a viagem toda, chegou a casa, deitou-se na mantinha e lá ficou a descansar. A minha gata parece um bebé. Hihihi.
Te
Anúncios

14 thoughts on “A experiência da Pipeta

  1. Olá!
    entendo bem o que dizes, a minha é igualzinha…. sempre a tentar escapulir-se pela porta e a tentar ir para o parapeito da janela (o pior é que moro num 7º andar!!)
    Já pensei em levá-la lá fora, mas aqui ao pé de casa há sempre cães. Depois da tua experiência, tou com vontade de experimentar levá-la pro monte 😀
    bjs

    Gostar

  2. Olá minha querida!
    Mais uma vez adorei o que escreveste sobre a tua gatinha, elas são muito lindas mas com a trela não vão muito eu tinha uma mas foi colhida por um carro agora para não ter outro desgosto nem eu nem as raparigas não quero mais, mas adoro animais já tive um cãozinho que era um amor mas tinha que ir com ele passear 3 vezes ao dia e quando morreu foi o maior desgosto!!!
    Um beijinho grande (Maria)Resto de uma boa semana))

    Gostar

  3. Elsa, eu tento que a minha gatinha seja feliz.

    arkana e nuvem, experimentem levá-las a passear para longe de carros e cães. A minha gata estava toda contente a brincar. As vossas também devem gostar.

    Miss Apuros, obrigado pela visitinha.

    Maria, é por ter tanto medo que lhe aconteça alguma coisa que não a deixo sair. Tenho pena da sua gatinha e do seu cãozinho e compreendo que seja um grande desgosto depois de nos afeiçoarmos a eles. Mas há coisa mais gira que ter um animal a alegrar as nossas casas?

    Beijinho para todas.

    Gostar

  4. Ohh que coisinha tão fofa!!
    A minha gata, que infelizmente já não tenho :(, nem pensar, coleira nem pensar, era impossível, as vezes levava-a à rua, mas tal como a tua Pipeta, morria de medo do barulho dos carros e das pessoas coitadinha ahah, mas acho tão fofo ver gatinhos a passear assim (e já vi uns quantos).
    Beijinho 🙂

    Gostar

  5. Oi Te,

    Obrigada por me seguir. Já estou te seguindo. Tome cuidado ao passear com gatos na coleira e guia (aqui no Brasil, dizemos guia)pois cães poderão avançar sobre vocês duas. E cá pra mim, penso que os gatos ficam um pouco tensos e estressados quando saem porque eles sabem que são presas dos cães. De alguma forma.

    Tenho bastante experiencia com gatos, apenas fique alerta e leve uma caixa de transporte junto. Aquelas que são de material plático onde o gato fica contido.

    Abraços e beijinhos em sua gata.

    Elaine

    Gostar

  6. Obrigada pela visita!
    Que fofura!!! Tão engraçados que ficam de trela e tão bem que se portam! A minha não sei se me atrevo a leva-la mesmo á rua, nem sei como se comportaria no carro. Ela veio do Algarve para Sesimbra, mas tinha 1 mês e meio, ontem fez 4 meses e nunca mais voltou a andar de carro. Até tenho algum receio de quando a levar ás vacinas!!! Ela é tão espevitada que cheira-me que será uma aventura eheheheheh
    Beijinho e bom fim de semana!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s