Química

Olha ali uma lágrima… Ohhh…

E à medida que as coisas vão avançando parece que vai sempre aparecendo mais isto e aquilo para fazer. Parece que nunca vai acabar porque cada vez que leio de novo há sempre alguma coisa para mudar ou alterar, mas agora sim está muito bom e muito avançado.
Tenho de ter as coisas prontas na terça-feira para imprimir e encadernar e sei que vou passar os dias até à data marcada sempre a fazer pequenas alterações, mas eu já sei que é assim mesmo, eu sou assim, uma pequena perfeccionista e já não há nada a fazer.
Então e não é que me esqueci que a tese levava anexos? E eu com tantas tabelas e gráficos para por em anexo e não me estava a lembrar. Ai, cabeça a minha.
E agora estamos assim:
Parte pré textual:
Capa – por fazer
Página de Rosto – feito e corrigido
Dedicatória – feito e corrigido
Epigrafe – feito e corrigido
Agradecimentos – falta acabar feito feito e corrigido
Resumo – por fazer feito feito e corrigido
Abstract – por fazer feito feito e corrigido
Índice – falta acabar
Parte textual:
Lista de símbolos – feito e corrigido
Introdução – feito e corrigido
Introdução Teórica – feito e corrigido
Materiais e Métodos – feito feito e corrigido
Resultados e Discussão – falta acabar feito feito e corrigido
Conclusões – por fazer feito
Parte pós-textual:
Referencias Bibliográficas – feito
Anexos – por fazer
Ai que bom que é ver quase tudo verdinho.
Querem saber uma coisa? Hoje pus a minha professora de lágrima ao cantinho do olho. Não era minha intenção e não foi de proposito, mas parece que ela ficou emocionada ao ler os meus agradecimentos. Querem ler também?
“Agradecimentos
Ao terminar esta dissertação de mestrado resta-me registar os meus sinceros agradecimentos às várias pessoas que de alguma forma contribuíram para que este trabalho se tornasse uma realidade. Apesar da sua redacção, responsabilidade e stress serem inteiramente meus, considero que é um produto colectivo pois sem toda a ajuda recebida não teria sido possível a sua realização.
A realização deste projecto foi viabilizada através do apoio do Departamento de Química da Universidade da Beira Interior, pelos laboratórios, materiais, reagentes e aparelhos cedidos. A todos os professores, técnicos de laboratório e colegas deste departamento que me ajudaram de algum modo, muito obrigada.
Agradeço também à Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa por me cederem um espaço para trabalhar e por me possibilitarem o uso dos seus aparelhos. À Professora Doutora E. M. o meu sincero agradecimento por todo o apoio e ajuda.
Ao Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal – Citeve, onde me foi permitido uma aprendizagem mais abrangente nas suas instalações e por me proporcionarem um maior conhecimento das técnicas utilizadas neste trabalho. À I. P., responsável por me explicar o funcionamento das “coisas” no Citeve um muito obrigada por todo o tempo que me dispensou e pelo carinho com que o fez.
À Professora Doutora I. F., minha orientadora, com quem tive oportunidade de trabalhar devido aos interesses comuns acerca da temática de estudo que abrange industria, tecnologia e meio ambiente, muito obrigada pela competência com que orientou esta minha dissertação e pela disponibilidade e tempo que generosamente me dedicou transmitindo-me os melhores e mais úteis ensinamentos, com paciência, dedicação, compreensão, amizade e confiança. Pelo acesso que me facilitou a uma pesquisa mais alargada e enriquecedora. Pela sua forma crítica de ao longo do trabalho me apresentar novos desafios, pelo estímulo e exigência que me foi impondo, que deram norte a este trabalho à medida que caminhava para a sua conclusão. Estou-lhe muito grata. 
À Professora Doutora A. A. agradeço por todos os ensinamentos que contribuíram de forma intensa para a minha formação, pelas reflexões sobre o meu objectivo de estudo e pelas suas sábias indicações.
À técnica do laboratório de Química do Ambiente, A. B., pela boa vontade, simpatia e ajuda na execução das análises.
À C.,à S. e à I., amigas queridas sempre prestáveis, pela amizade e partilha de stresses, mas também pelas horas de lazer e distracção que me proporcionaram.
Aos meus colegas, pela maneira como me distraiam do stress do projecto e pela manifestação de companheirismo e de encorajamento.
Ao meu namorado, A. S., pela compreensão relativa à minha ausência temporária, pela paciência e pelo encorajamento para prosseguir.
À minha família, que mais uma vez, em tudo me ajudou com incentivo, carinho, confiança e amizade. Principalmente à D. Lu pelo acolhimento, apoio e paciência que teve em aturar as minhas “crises” de nervosismo. Agradeço em especial à minha irmã, Di, pelas parvoíces que me distraem, ao meu irmão, Guigo, por alegrar o meu dia com as suas brincadeiras de criança e à minha mãe, Zi, pela responsabilidade do seu papel no seio familiar e na minha educação que me tornou na pessoa que sou hoje, por me proporcionar a continuidade nos estudos, pelo incentivo, confiança em mim, carinho e amor demonstrado e por fim por me apoiar e ser sempre o meu porto seguro em todas as minhas aventuras.
A todos, o meu profundo agradecimento.”
Gostaram? A minha professora pela reacção que teve parece que sim. eheheh.
Agora vou ali fazer os anexos que é para desaparecer com os vermelhos de uma vez por todas.
Te
Anúncios

5 thoughts on “Olha ali uma lágrima… Ohhh…

  1. Olá querida!

    Que bom ver que está quase, quase pronta! É um fim de um ciclo e o ínicio de um novo!

    Também me lembro de andar à pressa a tratar dos anexos…e a rever a lista bibliografica…ui! ainda bem que já passou!hehehehe

    Bjokas boas,

    Gostar

  2. Olá Té 😉
    Esta fase é sempre a mais complicada, pois parece que está a acabar mas nunca mais acaba…

    Ainda não me meti nessa aventura, mas já tive uma experiência do género, pois tive que fazer uma monografia 😉
    (talvez por isso, a vontade ainda não seja muita…rsrsrsrs…)

    Força para este finalzinho e obrigada pela visitinha!

    bjinhos,

    Gostar

  3. Ale, ainda bem que me vem visitar. Gostei mt de saber, eu também vou sempre espreitar o seu blog.

    Farruskinha, já esta quase e agora são só os pormenores chatos.

    Carochinha, é mesmo um novo começo para mim. Mas ainda não chegou ao fim e já estou cheia de saudades.

    Goldie, esta a dar muito trabalho mas no fim vai valer a pena. Eu é que agradeço a visita, apareça sempre.

    Beijinhos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s