Dia a Dia

Desapareci mas continuo aqui

Bem sei que desapareci mas isto tem andado um bocadinho complicado. Vim aqui para vos por a par das mais recentes novidades e explicar o porquê da ausência. Agora fico cheia de saudades de vos ler quando não consigo aqui vir.
Já sabem que estava a fazer uma grande mudança e quem achou que estava tudo muito organizado e encaminhado enganou-se redondamente. Este era o aspecto da minha casa no domingo.
 
Depois foi carregar tudo para dentro da carrinha com um calor insuportável que neste fim-de-semana as temperaturas quase que atingiram os 40ºC. Mas enfim, tudo se fez e a casa ficou vazia. Na segunda-feira fui tratar de todas as burocracias como rescindir o contrato da água e da luz, tratar do gás e entregar as chaves da casa, etc.
Na segunda-feira ainda foi dia de entregar a tese, lá fui eu para os serviços académicos da Universidade e tirei uma senha com o número 163, no ecrã ia mais ou menos no número 50. Imaginam, a espera, certo? O que me valeu foi que apareceu lá uma rapariga com senhas para trocar e acabei por ficar com o número 92, que grande sorte a minha. 🙂
Depois de tudo despachado lá fiz a viagem até Lisboa. A minha casa na Covilhã era pequenina mas mesmo assim imaginem colocar tudo o que estava numa casa dentro de um quarto de solteira em casa da minha mãe. Ai percebi que encaixotar as coisas foi a parte fácil, o difícil era desencaixotar e arrumar. O meu quarto ficou num estado horrível e eu sem saber para onde me virar e por onde começar. Querem ver?
Agora conseguem imaginar arrumar isto tudo?
Na segunda-feira já não fiz quase nada, arrumei a cama para ter sítio para dormir e fiquei por ai. Pensei eu: “amanhã estou em casa, arrumo isto tudo e ainda consigo descansar que ainda não descansei nada”. Nada disso aconteceu, na terça-feira chamaram-me para trabalhar e lá fui eu. Trabalhei terça, trabalhei quarta, trabalhei quinta e fui fazendo as arrumações devagarinho à noite quando chegava a casa. Agora percebem porque é que o blog anda paradito?
Além de estar a trabalhar o dia todo quando chego a casa tenho o quarto num pequeno caos e vou fazendo arrumações para ver se isto fica em ordem o mais depressa possível. Mas o meu tempo não chega para tudo e por isso o blog esta semana ficou assim quietinho.
Resumindo, andei este último mês a trabalhar que nem uma doida para acabar a tese, pensei que ia descansar quando acabasse e apareceu uma mudança, andei quatro dias a fazer a mudança, pensei que depois ia descansar e apareceu o trabalho. Só o descanso é que não aparece.
Hoje estou de “folga” e por isso estou a deixar-vos as novidades e estou a tentar acabar com as arrumações de uma vez por todas. Hoje tem de ficar tudo no sítio. E depois, pode ser que descanse no fim-de-semana. 🙂
Obrigado por continuarem a ler aqui a desaparecida. Já respondi aos vossos comentários e agora vou ver as vossas novidades que estou cheia de saudades.
Te 
Anúncios

10 thoughts on “Desapareci mas continuo aqui

  1. Conheço bem essa sensação de andar com a casa às costas e depois quando voltamos vemos que temos tralha que nunca mais acaba.
    Boas arrumações!Mas ñ te esqueças de arranjar um tempo para ti!bj

    Gostar

  2. TE, lógico que você faz falta, e saber como vc. esta é sempre bom. Com certeza em breve tudo estara arrumado e no lugar, mudar é sempre complicado.
    fique bem.
    beijos e carinhos.

    Gostar

  3. Não te preocupes que continuamos por aqui, eu também tenho tido pouco tempo, o blogue está quase parado, passo a correr só para dar uma palavrinha aos meus blogues preferidos. Pelos vistos mesmo assim vais tendo tudo encarreirado, verás que daqui a uns dias está tudo na ordem.
    Beijocas e bom fim de semana.

    Gostar

  4. Filó, eu também ando sempre de malas para tras e para a frente porque estudo longe de casa mas desta vez levei mesmo tudo.

    Ângela, sim mudar é complicado mas faz bem, é uma lufada de ar fresco.

    Elsa, ainda bem que continuas por aqui senão quem ia ter saudaes tuas era eu.

    Daniela, e eu dos teus comentários carinhosos.

    Farruskinha, o tempo era pouco para comentar mas eu andava sempre pelo teu blog a ler tudo assim rapidinho porque eu já fico com muitas saudades de ler as tuas coisas.

    Nokas, é verdade mas agora espero que acalme.

    Beijinhos.

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s