Organização

Redes Sociais

Hoje em dia há inúmeras redes sociais onde podes acompanhar toda e qualquer pessoa, o problema dessas redes é que esse acompanhamento acaba por não ser real. Quantas publicações tens na pagina inicial de pessoas que nunca vês? Que não conheces? Com quem apenas falas-te uma ou duas vezes?

Eu tenho alguns… Acabamos por ver a vida dos nossos “amigos” passar sem realmente termos contacto real com eles.

Nem tudo é mau, através destas redes podemos encontrar pessoas que não vimos à algum tempo, conhecer pessoas interessantes e até trabalhar, mas até que ponto estamos mesmo a ver/fazer alguma coisa útil e não apenas a gastar tempo em coisas que nem sequer nos interessam??

Eu, pessoalmente não aderi a muitas redes sociais, apenas duas, o facebook e o blogger, pois não quero ficar assoberbada com tudo o que tenho de ver e ler e sei que se aderir a mais vou acabar por perder mais tempo ainda.

Em relação às “amizades” do facebook houve uma altura em que o importante era ter muitos amigos e tudo era aceite, neste momento tento seleccionar muito bem a quem me ligo. Não aceito convites de quem não conheço, não aceito convites se só vi a pessoa uma vez de passagem, não aceito convites se é amigo da mãe, da irmã, do tio, ou do primo mas não me diz nada nem tenho qualquer relação, etc. Afinal o que é que estas pessoas vão contribuir para a minha felicidade por estarem na minha rede? Nada, só vão atrapalhar a comunicação com as pessoas que realmente me dizem algo… 

Só vou ao facebook uma ou duas vezes por dia, e de cada vez que o faço passo os olhos rapidamente pela pagina principal e só abro alguma coisa que me interesse (normalmente de pessoas próximas), não leio tudo o que toda a gente escreve.

Não preciso nem quero que saibam segundo a segundo o que estou a fazer ou a pensar, não quero que saibam o que estou a pensar fazer para o jantar, a que horas me deito, o anuncio que acabei de ver, ou a caneta com que estou a escrever. Pelo contrário, quero que saibam coisas realmente importantes para mim. Sendo assim, só publico alguma coisa que tenha interesse para mim, se não tem qualquer valor para ninguém então não perco tempo e não faço os outros perderem tempo com as minhas coisas insignificantes.

O mesmo se passa com as publicações dos outros, só gosto de ver coisas importantes para quem me é próximo e imagens inspiradoras, o resto ignoro.

Em relação ao blogger o caso muda de figura, é que há muita coisa interessante por essa blogosfera a fora que gosto tanto de ler que ás vezes tenho de me auto controlar para não passar horas a ver blogs… 😐

E vocês como gerem o vosso tempo nas redes sociais??

Te
Anúncios

4 thoughts on “Redes Sociais

  1. Também só tenho o facebook e o blogger. Dá jeito o facebook para manter certos contactos que, de outra maneira, não os tinha… Mas também só aceito pessoal que conheço e falo.
    O blogger, bem é o blogger =P
    Já fiz amizades e tambéwm venho cá todos dias.

    Beijocas

    Gostar

  2. Claro que para algumas coisas o facebook dá muito jeito, já encontrei família que há muito não via e deu para nos encontrarmos de novo e se não fosse através do face talvez isso não tivesse acontecido.

    Só acho um exagero as pessoas colocarem TUDO no face, segundo a segundo o que estão a fazer. É um exagero e um tédio para quem vê… 😦

    Já o blogger… Pois esse é um caso à parte (mas só entende quem tem blog)… 🙂

    Beijinho.

    Gostar

  3. Eu passou HORAS a ver e a comentar em blogues. É inevitável. E gosto. Dá-me essa sensação de receber muita informação de muita gente que não conheço mas que não preciso conhecer para partilhar ou comentar opiniões sobre assuntos particulares ou generalistas.

    Não creio que se perca muito por se ter uma vida social eletronica. Condeno muito mais quem CRIA uma vida social eletronica fictícia. Diferente daquilo que é como pessoa, ainda que publique coisas verdadeiras, actividades que fez, etc. Constato com cada vez mais pesar que no facebook pessoas que eu conheço publicam frases a criticar o cinismo, por exemplo, a criticar quem fala pelas costas e elas mesmas são praticantes. Isso é o que não gosto – de perceber que a pessoa do facebook é outra que não a verdadeira.

    De resto no facebook só tenho alguns conhecidos o resto não conheço e fiquei amiga na altura que foi para fazer jogos. Só uso o face para essa finalidade de entretenimento. Visto que nem gosto de partilhar algo íntimo, fazer um desabafo ou publicar fotos minhas e ter o meu nome e perfil associado a isso. Prefiro os blogues. Sou verdadeira em todos, e não me exponho tanto. No face por vezes gosto de comentar uma publicação de um «amigo» estrangeiro, que nunca vi, e gosto quando posso trocar impressões com alguém do outro lado do planeta sobre política e ideias ou sobre a remodelação da sua casa ou o cachorrinho a brincar na neve 🙂

    Gostar

  4. Sou como tu em relação aos blogues… ADORO e não há nada a fazer… 🙂
    Em relação ao face também não acho que se perca muito ao ter “uma vida social eletrónica”, só acho que não se pode cair no exagero de documentar o que fazemos minuto a minuto, e há pessoas que não conhecem o meio-termo, já para não falar das vidas inventadas e das frases feitas que é o que mais se vê. Ir ao facebook para mim neste momento é muito chato e tornou-se aborrecido, quase nada do que lá se encontra tem interesse para mim…
    Como não jogo nada online, quando vou ao face é porque preciso falar com alguém e no chat torna-se mais fácil ou para ver alguma página muito especifica que me interesse.

    Beijinho

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s