Dia a Dia

Gelada até aos Ossos

“Snhr. Presidente!

Como bem sabe as máquinas já não são novas e já chega que elas não colaborem no trabalho, mas ter de lidar com isso com os dentes a bater e a tremelicar não é fácil. 

E já nem falo por mim, que eu se ficar congelada é o menos. Não, a minha preocupação é estritamente profissional, sabe é que não tendo sensibilidade nas mãos é mais que certo que vou fazer asneira e vou partir alguma coisa. Se isso acontecer, além de ter de repetir o trabalho de novo, tem noção como são caros os arranjos das máquinas, se bem me lembro à 2 anos atrás foram 5000€ euros e à 6 meses atrás foram mais 1500€. 

Será que não lhe ficava mais em conta arranjar o aquecimento do edifício que segundo consta está avariado à mais de 10 anos?

Pense nisso.

Com os melhores cumprimentos,

Te 
uma trabalhadora preocupada”

No laboratório onde trabalho não bate o sol nas janelas o que o torna mais frio que qualquer outro lugar do edifício. Tenho os pés e as mãos tão gelados que parece que os pus dentro de um congelador. Até doí as pontas dos dedos a teclar. Vou ali fazer uma pausa para almoçar a ver se aqueço. 😐

Te

O blog já tem página de facebook, carreguem ali do lado direito para visitarem. Obrigado. 🙂
Anúncios

2 thoughts on “Gelada até aos Ossos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s