Maternidade

Gravidez – O 4º mês

No quarto mês de gravidez voltei a conseguir comer normalmente. Nas semanas anteriores a única coisa que conseguia comer em condições e que não me causava mau estar e enjoos era pão. Comi carradas de pão com pão, sem acompanhamento. A partir da 14ª semana comecei a fazer refeições minimamente normais outra vez.

Durante este mês fiz uma viagem até Andorra para fazer ski que achei que ia ser normalíssima e não ia ser nada de especial mas confesso que a viagem de 12h é bastante desconfortável para se fazer grávida, de resto tudo correu muito bem. Se quiserem faço um post só sobre como foi viajar grávida.

Nos primeiros 3 meses, engordei apenas 1kg, durante o 4º mês não engordei nem 1g o que me deixou preocupada “não era suposto estar a ganhar peso?”, preocupação essa que a médica descartou de imediato, disse-me que estava tudo bem e que estava tudo dentro do normal.

Apareceu um novo sintoma – se posso chamar sintoma a tal coisa – andei extremamente esquecida, reparei principalmente no trabalho onde raramente deixo passar alguma coisa e dava por mim a ter de perguntar novamente às pessoas sobre assuntos que já tinham falado comigo uns dias antes. Além disso também houve dias em que me senti muito cansada, cansada ao ponto de o meu corpo me obrigar a sentar e parar com a ameaça de me fazer cair para o lado.

O melhor que me aconteceu durante este mês foi ter começado a sentir o bebé mexer. A primeira vez que senti não me lembro se estava na 17ª ou 18ª semana mas lembro-me de pensar que era imaginação minha (afinal a minha cabeça não andou muito bem durante este mês), nos dias seguintes voltei a sentir aquela mesma sensação mais algumas vezes e comecei a desconfiar que poderia ser mesmo o bebé.

Depois de perguntar à minha mãe se era possível e ela dizer que era bastante provável fiquei mais convencida mas só acreditei mesmo de verdade quando foi a médica a confirmar que o que eu sentia era mesmo o meu bebé a mexer. Para mim podia ser outra coisa qualquer, sei lá, nunca tinha sentido antes. eheheh.


Telma Anágua

O blog já tem página de facebook e canal no youtube, carreguem ali do lado direito para visitarem. Obrigado. 🙂

Anúncios

2 thoughts on “Gravidez – O 4º mês

  1. Peripécias da gravidez 🙂 Tenho uma prima que também está grávida (e também de 4 meses) e da última vez que falei com ela, queixou-se de “sintomas” semelhantes aos teus. Andou bastante maldisposta até agora, mas a alegria de ser mãe acho que supera tudo, não é?
    Beijinhos e continue a correr tudo pelo melhor, com muita saúde :*

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s